Pular para o conteúdo

9 de julho de 2016

Concórdia: Felipe El Debs lidera isolado

por danielmariani

O segundo dia de competição em Concórdia foi muito rico em confrontos de altíssimo nível, especialmente na quarta e quinta rodadas. O ambiente tranquilo contrastou com lutas sangrentas sobre o tabuleiro. Pra melhorar o clima, o sol sorriu para os competidores e o frio intenso amainou, elevando a temperatura aos dois dígitos.

Marco Cordeiro x Everaldo Matsuura

Um dos destaques do dia foi o combate entre o Grande Mestre Everaldo Matsuura e o MN Marco Aurélio Zaror Cordeiro, campeão brasileiro de xadrez rápido em 2014. Marcão, com as brancas, conseguiu perigosa compensação por um peão sacrificado: uma torre na sétima e algumas ameaças táticas convidaram Matsuura a repetir lances e ceder o empate.

IMG_0069

Marcão, campeão brasileiro de rápido em 2014

Perdomo x Cubas

            Realmente os ares de Concórdia fazem bem ao jogo do paraguaio GM José Cubas. No ano passado, Cubas vinha de uma sequência ruim de resultados, que foi quebrada precisamente em Concórdia. E esse ano, pelo menos até a quinta rodada, tudo vem dando certo para ele. Pela quarta rodada venceu um final técnico de bispo de cores opostas contra o MF Alfeu Varela, de Lages. Na quinta rodada, Cubas sacrificou um peão para eliminar o bispo do fianqueto branco e criar chances de ataque. Seu empreendimento foi bem-sucedido, mas Perdomo se manteve no jogo e, quando a chance lhe sorriu, encontrou um empate por xeque perpétuo.

IMG_0153

Cubas jogou com inspiração, mas deixou a vitória escapar

Umetsubo x El Debs

            Umetsubo e El Debs fizeram a partida mais acirrada da quinta rodada. Após uma longa batalha estratégica e algumas escaramuças táticas, surge um final de dama e cavalo contra dama e dois peões em que El Debs (com o cavalo) insiste em lutar. Sua determinação foi recompensada após um deslize de Umetsubo, extenuado pela luta.

IMG_5209

Disposição para luta elevou El Debs à liderança

Krikor x Rodriguez

No único confronto entre GM’s até agora, o resultado foi um empate, mas não sem muita luta e alguma confusão – típico das partidas do mestre uruguaio.

IMG_0073

O campeão brasileiro segue o líder meio ponto atrás

Jogadores estrangeiros

O Internacional de Concórdia motivou a ilustre participação de um enxadrista sueco, em férias no Brasil. Max Walhung (2023) circula com satisfação pelo salão do Pavilhão Cinquentenário e, ao final do dia, conta com 4 dos 5 pontos disputados. Em breve entrevista à XdB, Max nos contou suas impressões sobre o xadrez de Concórdia.

IMG_5164

Max Wahlund, direto da Suécia

Torneio feminino

            Entre as mulheres, a disputa está acirradíssima e pouco clara. Ao final da quinta rodada, emergiu a liderança isolada de Tainá Durante, representante local, com 3,5/5. Ela é seguida de perto por Marciane Prior e Júlia Rodio, também de Concórdia, além de Liziane Vicenzi (Chapecó), Elana Souza (Florianópolis), Bruna Favero (Fraiburgo) e Maria Eduarda Gomes (Fraiburgo).

IMG_0117

Tainá lidera o feminino a duas rodadas do fim

Anúncios
Leia mais de Artigos, No Brasil, Vídeos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: