Pular para o conteúdo

26 de novembro de 2014

Virtude e fortuna no desfecho do JASC

por danielmariani

A última rodada do JASC não decepcionou: disputa acirradíssima no masculino e desfecho surpreendente no feminino marcaram a final dos Jogos Abertos mais fortes e disputados de todos os tempos.

Desde os gregos, diversos pensadores observaram a dicotomia entre as virtudes e a sorte. Maquiavel assinala que é preciso estar preparado para os “ventos da fortuna” e que esta tende a favorecer o virtuoso – aquele que se prepara, se antecipa e tem atitude.

Schopenhauer, em seus escritos sobre a sabedoria da vida, sugere que “o destino distribui as cartas que jogamos” – mais precisamente, a vida seria “um jogo de xadrez em que adaptamos nossos planos ao jogo do adversário”, neste caso o destino, e nesse processo força e sabedoria se apresentam para contrabalançar o efeito sorte e determinar o curso de nossas vidas. Pois força, sabedoria e sorte foram decisivos na batalha final dos Jogos Abertos de Santa Catarina.

jas

No naipe masculino o resultado final pode ser contado através do desempenho das quatro equipes que disputavam troféu e o pódio. Joinville mais uma vez demonstrou consistência, ao vencer rapidamente Imbituba pelo placar máximo, e seu destino passou a depender dos resultados das outras grandes. Florianópolis e Rio do Sul encontraram alguma dificuldade contra Navegantes e Balneário Camboriú, respectivamente, mas o match decisivo foi mesmo o da equipe da casa.

DSCF5634

Ases da capital em ação contra Navegantes

Quis o destino que Itajaí enfrentasse Blumenau na última rodada. Para garantir o título, a equipe do MF Charles Gauche (que por anos defendeu as cores de Blumenau) precisava vencer por 3.5-0.5 – resultado que nenhuma outra equipe conseguiu impor sobre a equipe do GM Darcy Lima e do MF Renan Levy nas 6 rodadas anteriores.

DSCF5630

A batalha que decidiu o título

Após vitórias rápidas de Fier e Krikor, Molina e Gauche precisavam de 1.5-0.5 contra Darcy e Renan – e foi justamente no tabuleiro de Gauche que se decidiu o match. Chamando para si a responsabilidade, o capitão da equipe de Itajaí se saiu melhor nas complicações e venceu a partida contra Renan enquanto Molina segurou o empate contra Darcy, garantindo matematicamente o título.

O JASC foi incrível! Nós nunca tivemos uma competição tão equilibrada, com 4 equipes brigando ponto a ponto pelo título. Acho que estava marcado para sermos campeões, mas todas as quatro equipes mereciam vencer.
– Charles Gauche

Apesar de largar 0.5 ponto, a equipe de Rio do Sul superou Joinville no desempate e ficou com o 2º lugar. A equipe da capital também não conseguiu o placar máximo e acabou ficando fora do pódio. Vale notar o abismo de 4 pontos entre 4ª colocada, Florianópolis, e a concorrente mais próxima.

DSCF5636

Runner-ups: Rio do Sul fez um bom torneio mas não alcançou Itajaí

Além da luta pelo pódio entre os pesos pesados, merece destaque a atuação de Juliano Zonta que, representando Jaraguá do Sul, foi o único atleta a conquistar os 7 pontos no torneio – apesar de jogar 6 partidas com pretas! Seu estilo agressivo e descompromissado culminou em ataques e golpes vitoriosos.

Thiago Nascimento x Juliano Zonta (1973)

zontex

Pretas jogam

17…Tc3! 0-1

Giordan Vilamoski x Juliano Zonta (1973)

zontex2

Pretas jogam

28…Bh3! 29.Dg1 Cd2
Com a inevitável ameaça Dxd5.

30.Bh6 Dd5 0-1

João Pedro Uczai (2038) x Juliano Zonta (1973)

zontex3

Pretas jogam

25…Bh4!
E a posição branca colapsa.

26.Ch4 Bd1 27.Dd1 Tad8 28.Df1 c2 0-1

zontz

Juliano Zonta: 6 pretas, 7 pontos!

No feminino, a corrida entre as candidatas teve um desfecho improvável. Com o mesmo número de pontos, Itajaí e Concórdia precisavam vencer Joinville e Blumenau, respectivamente, pela maior margem possível.

DSCF5629

Terao e Rothebarth (ao fundo) na batalha decisiva pelo título do feminino

Enquanto Concórdia travava uma dura batalha na mesa 1, Itajaí sofria a primeira baixa: Thauane de Medeiros, que vinha embalada por fantásticos 6.0/6, foi barrada por Carine Campestrini.

Carine Katia Campestrini (1669) x Thauane de Medeiros (1871)

carine

Brancas jogam

As brancas venceram a abertura e, com peão a mais, encaminharam para um final superior.

31.Ta8 Ta8 32.Tb1
O controle da coluna e o peão passado proporcionam vantagem decisiva.

32…Ta7 33.Tb6 a5 34.Bh4!
Preparando para incluir o bispo na luta. O bispo encontrou lugar em d8, onde apoia a casa c7, e o posterior avanço do peão ‘c’ foi decisivo.

DSCF5606

Carine foi a única a vencer Thauane no torneio

Deste momento em diante caíram, uma a uma, as guerreiras da cidade sede – apenas Marciane Prior salvou 0.5 ponto. O trágico destino de Itajaí permitiu que Rio do Sul, dois pontos atrás, ascendesse à 2ª colocação ao vencer Jaraguá do Sul por 3.5-0.5! Já Concórdia não vacilou e bateu Blumenau por 3.5-0.5, garantindo o título.

DSCF5597

Concórdia seguiu firme até o fim e levou o troféu

A 54ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina encerra como uma grande vitória do xadrez brasileiro. Protagonizado por alguns dos melhores jogadores do país, o evento registrou não apenas elevado nível técnico e competitividade como também primazia da organização, a cargo da FESPORTE. A arbitragem, indicada pela Federação Catarinense de Xadrez, se mostrou à altura da tarefa e os jogadores puderam desfrutar de um salão agradável, com boas mesas e iluminação, e relógios digitais em todos os tabuleiros – requisitos básicos que nem sempre são oferecidos pelos organizadores, mesmo em torneios de alto nível.

A comunidade enxadrística do Brasil emerge engrandecida dos Jogos Abertos e merece outros eventos que ofereçam o mesmo nível técnico, emoção e organização.

Anúncios
Leia mais de No Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: