Pular para o conteúdo

19 de novembro de 2014

Todos os olhos no JASC!

por danielmariani

A elite do xadrez nacional está reunida em Itajaí defendendo suas cores nos Jogos Abertos de Santa Catarina. São 7 GMs, 5 MIs, 11 MFs, 5 WMIs e 2 WMFs distribuídos entre as 41 cidades disputando o troféu dos jogos nas categorias masculino e feminino.

Os Jogos Abertos chegam a sua 54ª edição e confirmam uma tradição estabelecida nos últimos anos: o investimento dos municípios no esporte possilita a vinda dos melhores enxadristas do país, engrandecendo o evento e possibilitando o choque entre os jogadores locais e os ases do xadrez brasileiro.

DSCF5462

O nº 1 do Brasil, Rafael Leitão

Neste ano a cidade sede, Itajaí, montou uma das equipes favoritas ao título: capitaneada pelo MF Charles Gauche (2206), seu line-up vem com os GMs Alexandr Fier (2590) e Krikor Mekhitarian (2565) e é reforçada pelo MI Roberto Molina (2417) e o MF Felipe Menna Barreto (2264). A campeã do ano passado, Joinville, não terá Vescovi mas conta com o nº 1 do Brasil, Rafael Leitão (2636), e também com os fortes MIs Evandro Barbosa (2450), Yago Santiago (2415) e Rodrigo Disconzi (2360).

Florianópolis e Rio do Sul completam o grupo das favoritas. A equipe da capital, liderada por Marcelo Pomar (2028), trouxe os GMs Gilberto Milos (2589) e Everaldo Matsuura (2496) e é reforçada pelos MFs César Umetsubo (2333) e Renato Quintiliano (2395).

DSCF5458

Darcy Lima observa as partidas de Matsuura e Milos

Rio do Sul repete o grupo apresentado nos últimos anos: capitaneada pelo MF Álvaro Aranha (2277), a equipe conta com o GM Felipe El Debs (2512) e o MI Luciano Malta Maia (2307), que já estavam presentes em 2012 e 2013, e neste ano recebe o reforço do MI Diego di Berardino (2484).

DSCF5455

Krikor levou o ponto contra Yago

No momento a competição chega à 4ª rodada e é Rio do Sul que está na dianteira, tendo perdido apenas 1 ponto nos 12 pontos que disputou. Na 2ª rodada conquistaram importante vitória contra Florianópolis (3-1) e na 3ª emplacaram 4-0 contra Lages. Seu confronto de hoje é contra Itajaí, que na 3ª rodada empatou com Joinville em uma batalha feroz: Evandro superou Fier e Leitão superou Gauche enquanto Molina venceu Disconzi e Krikor venceu Yago.

Evandro Barbosa (2450) x Alexandr Fier (2590)

evand

Pretas jogam

Fier seguiu com 9…d6?!, que permite às brancas desmontar sua estrutura de peões: 10.Cc6! bc6 (não vale 10…Dc6 por 11.e5+-) 11.e5! de5 12.Te5 e a ameaça de Bxc6 imuniza a torre em e5.

Evandro eventualmente coletou os peões da ala da dama e carregou para um final com peão a mais.

evand2

Pretas jogam

Fier vinha resistindo mas vacila com 56…e5? 57.Tc6! Rg7 perdendo um peão, já que 57…Rf5 58.Bd3 e4 59.Ba6! com a terrível ameaça de 60.Bc8. 58.fe5 Te7 59.e6 Rf6 60.Bc4 com grande vantagem.

O final de bispos de cores opostas, após a troca de torres, oferece algumas dificuldades técnicas, mas Evandro converte:

evand3

Brancas jogam

 90.c7! com ideia de 90…Rc7 91.Re7 coroando em seguida. 1-0

No feminino, Rio do Sul também apresenta uma forte equipe: liderada pela campeã brasileira Vanessa Feliciano (2290), a equipe conta com a força de Suzana Chang (1969) e Vanessa Gazola (2023).

DSCF5451

A campeã brasileira representa sua cidade natal

A liderança até a 4ª rodada está com a equipe de Itajaí, que além de Joara Chaves (2040) e Ana Vitoria Rotebarth (2060), é composta por Marciane Prior (1907) e Thauane Medeiros (1871). Os holofotes, no entanto, estão concentrados na equipe de Florianópolis, mais especificamente na WMF Julia Alboredo. (2041). A enxadrista de Jandira (SP) confirma a ótima fase apresentada em 2014 e até agora coletou todos os pontos – incluindo importante vitória (com pretas) sobre a campeã brasileira.

Vanessa Feliciano (2290) x Julia Alboredo (2041)

julia01

Vanessa perdeu a batalha da abertura e Julia, com peças mais ativas, encontra o plano de ataque correto: 30…g5! 31.Ta1 g4 32.Ta2 Ta2 33.hg4 hg4 34.Ch2 Dg5 35.g3 Cf6 com boas perspectivas de ataque na ala do rei.

julia02

Depois de algumas tentativas de progredir, Julia encontra o caminho mais forte para romper as defesas brancas: 44…Ta8! com ideia de transferir a torre para a ala do rei. 45.f4?! Dh5 46.Rg1 Th8 com ataque.

julia03

Em uma posição difícil, Vanessa comete o erro decisivo: 57.Db8? A única chance de salvar a posição seria 57.De2! Th1 58.Dg4 Tf1 59.Th5! (59.Rf1 Dh1 com mate em d2) 59…Tf2 60.Rh3 Dg8 (60…Dg7 61.Db8) 61.Db8 Rg7 62.Dg4 com xeque perpétuo. 57…Rg7 58.Te8 Tg3! com mate após 59.Cg3 Dh3 60.Rg1 Dg3 61.Rh1 (61.Rf1 Df2#) 61…Cf2#. 0-1

DSCF5448

Julia Alboredo: entre as melhores do Brasil

Tanto o torneio masculino quanto o feminino são disputados no sistema suíço em 7 rodadas, e o ritmo de jogo é de 90 minutos com 60 segundos de incremento desde o primeiro lance. As próximas rodadas (4 e 5) serão decisivas para a definição dos candidatos ao título.

Anúncios
Leia mais de No Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: