Pular para o conteúdo

27 de setembro de 2014

Blitz com MI Rodrigo Disconzi

por marcelopomar

Rodrigo Disconzi é um forte e renomado enxadrista brasileiro. Tem 44 anos, reside em Curitiba, tornou-se Mestre FIDE em 1995 e Mestre Internacional em 2006. Embora tenha construído boa parte de sua carreira no Paraná, está federado e envolvido com o desenvolvimento do xadrez de Santa Catarina há muitos anos, treinando e competindo principalmente pela cidade Joinville (SC). Atualmente Rodrigo tem 2360 pontos de rating FIDE, o que lhe confere o 21º lugar na lista de jogadores ativos do Brasil.

Xadrez do Brasil: Rodrigo, hoje você pode se considerar um jogador experiente, que viveu e presenciou o desenvolvimento do xadrez no Brasil. Partindo desse pressuposto, vc acha que o xadrez melhorou no Brasil nas últimas décadas? Tanto do ponto de vista técnico, quanto da possibilidade de se viver desse esporte?

RD: O nível técnico médio melhorou, provavelmente graças ao acesso à informação amplo e abundante proporcionado pela Internet; maior número de treinadores disponíveis; mais ferramentas de estudo e treino. O nível de jogo dos jogadores top do Brasil pode até ter melhorado, mas houve pouca renovação. Comparando nosso nível com o de outros países, aí acho que estacionamos e estamos ficando para trás.
Viver de xadrez no Brasil exige dar aulas, cursos, palestras, arbitrar, organizar torneios, vender material de jogo e estudo, saber elaborar projetos, aprender a buscar patrocínios, participar de muitas reuniões em diversos nichos da sociedade e, se souber jogar xadrez bem, melhor 🙂

d11saXDB: O Xadrez de Santa Catarina é um dos mais fortes do Brasil, pelo menos pelo número de Mestres federados nessa UF, o que ocorre principalmente em virtude dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Vc concorda com essa avaliação?
RD: O fato de ter os jogadores federados por SC por si só não representa a real força do Estado. Mas significa a importância relativa do estado no cenário nacional, mostra que existe um alto investimento no Xadrez e que os bons jogadores querem estar aqui.
Apesar de eu ser um dos que não moram em SC e me beneficio da possibilidade de jogar os JASC sem residir no estado, acredito que o ideal seria que os jogadores se envolvessem mais com os municípios que os contratam, para que as relações se tornassem um pouco mais duradouras e não somente ditadas pelo mercantilismo das contratações.
Mas se as coisas estão assim, é porque o modelo adotado para todas as modalidades esportivas não só permite como talvez incentive isso. Eu, particularmente, tenho procurado diminuir esta distância participando de torneios, arbitrando, acompanhando e trabalhado diretamente com jovens atletas, mesmo estando no estado vizinho, graças às aulas pela internet.

SAMSUNG DIGITAL CAMERAXDB: Há alguns anos vc vêm treinando as equipes de base do xadrez de Joinville, obtendo bons resultados em competições como Joguinhos Abertos e Olimpíadas Estudantis Catarinenses. Essas competições parecem importantíssimas para os resultados do xadrez catarinense em nível nacional. No entanto, nessa última OLESC 2014, houve muita polêmica e inclusive suspeições de manipulação de resultados. Qual é sua avaliação sobre essas competições e sobre o xadrez de base em Santa Catarina?
RD: O resultados da garotada aparecem graças à dedicação e o amor deles pelo xadrez. O trabalho fundamental do coordenador/técnico/professor, é se desdobrar entre as funções administrativas, burocráticas, de logística, entre tantas, para oferecer as melhores condições de treinamento e de competições aos jovens enxadristas. Além disso, ele deve ser uma extensão da escola e dos pais dos enxadristas no esforço educativo e na transmissão de valores. Se sobrar tempo para ensinar alguns truques no tabuleiro, melhor 🙂
A cada ano noto que a competição está mais acirrada e que o trabalho em geral está produzindo resultados. Temos mais gente se esforçando no dia-a-dia dos tabuleiros. Mais recursos são destinados à base. Como fruto dissso, o estado consegue destaque no cenário nacional, sem dúvida.
Sobre a possível manipulação de resultados, eu acredito que cada um deveria refletir sua própria conduta e avaliar se é isso que se deve fazer ao lidar com jovens em formação, com companheiors de trabalho e com amigos. Tenho certeza de que as pessoas irão se dar conta do que é certo e o que é errado.
Em todos os casos, acho extremamente importante que a comunidade enxadrística deixa transparecer sua insatisfação em relação a possíveis manipulações de resultados.

d112

Seta subindo…
XDB: Kasparov acaba de perder a eleição para FIDE, isso foi bom ou ruim para o xadrez mundial? Porque?
RD: Por ser o Kasparov e por curiosidade de saber o que mudaria no xadrez mundial, parecia natural torcer para ele ter ganho. Acho boa a imagem de ativista do Kasparov. Ele está sempre lá emitindo suas opiniões sobre muitos assuntos. Poderia ser bom para o dar um boom no Xadrez.

XDB: Tem opinião sobre a disputa judicial entre a CBX e Federação Catarinense de Xadrez?
RD: Acho que não há mais nada acontecendo que prejudique o enxadrista catarinense ou que feche o estado para eventos maiores. Acho que as consequências da resolução ou prolongamento do litígio podem sim ser debatidas. Existe prejuízo prolongando? Existe vantagem se terminar logo? Vale a pena o desgaste?

Bullet…d11s
XDB: O Brasil melhorou ou piorou nos últimos dez anos?
RD: Melhorou.
XDB: Já escolheu seu candidato(a) para presidência da República?
RD: Ainda estou avaliando a posição antes de escolher os lances candidatos.
XDB: Quer declarar para o Brasil?
RD: Vou deixar para o incremento…

Muito obrigado pela atenção e por compartilhar suas opiniões conosco.

Anúncios
Leia mais de Blitz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: