Pular para o conteúdo

20 de setembro de 2014

Mundial da Juventude em Durban – Boletim 05

por danielmariani

Entre 19 e 30 de setembro se realiza em Durban, África do Sul, o Mundial da Juventude. Guilherme Deola Borges nos conta mais sobre a representante brasileira no sub 18, Larissa Ichimura.

* * *

And last, but not least at all… WIM Larissa Yuki, de Santos-SP!

O Clube de Xadrez de Santos está cheio de fortes jogadores, como: os irmãos Artemis e Arquias, Lucas Koji Takeda, Leonardo Yamamoto, Wilian Moura (todos entre 15 e 20 anos de idade). O excelente trabalho realizado pelo MF Carlos Sega é indiscutível. A Larissa é mais uma atleta desta geração de ouro e na semana passada venceu o Campeonato Sulamericano até 18 anos, recebendo o título de WIM (Woman Internacional Master). Esta é uma das maiores conquistas do Brasil neste ano.
Dentre o currículo, a Larissa destaca-se por:

– 4 vezes Campeã Paulista de categorias.
– 3 vezes Campeã Brasileira de categorias.
– Campeão Sulamericana sub 18.
– Representou o Brasil diversas vezes no exterior (Colômbia, Uruguai, Turquia, Itália e Espanha)

ichimuraLarissa, acompanho seu desempenho há 5 anos e percebo que recentemente você deu um enorme salto de rendimento e de rating também! Na minha opinião é uma grande promessa para integrar a equipe olímpica em 2016 se continuar treinando e jogando regularmente. Na semana passada venceu o Sulamericano e se tornou WIM aos 17 anos! Até onde você sonha em chegar com o xadrez?
“Não pensava que chegaria tão rápido, mas motivação não falta. Estou empolgada com o novo formato do pré-olímpico feminino!” O novo formato, salvo engano meu, prevê a participação da campeã brasileira do ano, os 2 maiores ratings Fide e as outras 2 vagas seriam disputadas em um torneio fechado de jogadoras que se classificarem para tal.

Quem é seu ídolo no Xadrez? “Fischer, porque ele tinha muita vontade de ganhar.” O Fischer ficou muito famoso, entre outras coisas, por derrotar seus adversários de matches pelo placar máximo. Ele gostava mesmo de ganhar!
Mas o que o Fischer não gostava era nem de ouvir a palavra “derrota”, como você lida com ela? “Ninguém gosta de perder, mas tento tirar o melhor proveito quando acontece.”

Você tem algum ritual para relaxar antes das partidas? “Gosto de ouvir música. Os preferidos são U2 e Aerosmith.”
Me lembro que a Larissa já usava o boné do U2 quando venceu seu primeiro brasileiro sub 14 em Catanduva-SP 2011.

Antes que perca seu vôo para Durban, nos diga quem te apóia e para quem vão seus agradecimentos especiais. “Minha mãe Cristina Azusa e o Sega. Ah, e claro, minha irmã Rayssa Azusa.”

Obrigado e muito sucesso nessa próxima etapa da sua brilhante carreira!

* * *

Boletim 04
Boletim 03
Boletim 02
Boletim 01

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: