Pular para o conteúdo

6 de agosto de 2014

Uzbequistão repete a vitória sobre o Brasil no feminino

por danielmariani

Como um déjà vu, a equipe asiática bateu as brasileiras por 3.5-0.5, apesar do rating médio próximo. Como no confronto da sessão aberta, o único empate concedido ocorreu no primeiro tabuleiro, entre Vanessa Feliciano e Sarvinoz Kurborboeva.

Sarvinoz Kurborboeva (2228)  x Vanessa Feliciano (2226)

Vanessa empregou o alternativo 4…a5 em uma Bogoíndia e não teve problemas para igualar.

fem503

A jogadora do Usbequistão seguiu com 10.e4 (10.Tad1!?) ed4 11.Cd4 Ce5 12.b3 Bc5! quando as peças pretas estão ativas e dispõem de excelentes casas centrais. Korbonboeva seguiu a ideia de Khalifman contra Lerner em 1988 – 13.Cf5:

fem504Com o simples 13…Cc6 (mirando b4 e d4) as pretas assinalam que não correm nenhum perigo e podem começar a desenvolver alguma iniciativa. Após 14.Cd5 Cd5 (14…Bf5! 15.ef5 Cd4! e as pretas estão melhores) 15.cd5 Bf5 16.dc6 Bc8 as pretas não tem com o que se preocupar. Posteriores trocas nas colunas centrais encaminharam para um final de bispos de cores opostas claramente empatado.

Juliana Terao (2222) x Irina Gevorgyan (2141)

A brasileira não conseguiu pressionar a Caro-Kann de Irina, que atacou primeiro numa posição de roques em flancos opostos.

fem502

Irina respondeu ao 22.c4 com 22…a3! 23.Cb3 ab2! 24.cd5 Da7 recuperando a peça: 25.Ba5 (ou 25.Ca5) b6 26.de6 ba5 e o rei das brancas está muito pior.

fem501

A partida evoluiu até a posição do diagrama, quando Juliana interrogou com 32.De4? (32.De2 ainda oferecia chances de continuar) 32…Tac8! (renovando a ameaça em f2 e criando problemas em c4 e c1) 33.f3 Tc1 34.Tc1 bc1D 35.Rc1 e o rei branco está indefeso perante o ataque das peças pesadas.

Sevara Baymuratova (2127) x Regina Ribeiro (2000)

Regina voltou a empregar a holandesa Stonewall, novamente sem sucesso. Seu plano de transferir a torre pela terceira se mostrou inócuo: incapaz de coordenar com as peças leves, a torre se tornou mais um estorvo que uma potência.

fem506

Enquanto Regina tentava criar alguma atividade na ala do rei, Sevara conseguiu posição muito superior ao jogar o plano padrão com f2-f3 e e2-e4, ocupar a coluna ‘e’ e a casa e5. Após 25…Be5 26.Ce5 Cf8 27.h4! as peças brancas estão muito mais preparadas para a abertura da posição e os peões pretos avançados – longe de ser uma ameaça ao rei branco – comprometem a segurança do próprio rei preto.

fem507

A partida acabou depois de 36…Cc5? 37.dc5 Te5 38.Bd7 (38.De2!) Cd7 39.Te2 Dg5 40.Rf1 Cc5?? Te5 e as pretas abandonam.

Suzana Chang (1991) x Mokhinur Kakhramonova (2044)

Em uma partida bastante equilibrada, Suzana chegou a ter chances reais de vitória ao assaltar o refúgio do rei preto.

fem509

Depois da longa jornada em fuga das linhas abertas na ala do rei, o rei das pretas se viu em apuros ainda maiores: 40.a5! De7 41.ab6 ab6 42.Tf4? – ao invés de defender passivamente o peão em e4, a torre poderia mostrar seu poder com 42.Ta1! para invadir pela coluna ‘a’. Contra 42…Rb7 as brancas transferem a dama para a2 através da segunda fileira.

fem508

Mais tarde, já em um final difícil, Suzana jogou o infeliz 52.Ta8?? abandonou após 52…Tb2! (53.Rg3 Tg2 54.Rg2 Be4 ganhando).

A equipe brasileira ocupa agora a 83ª posição na tabela e enfrentará na sexta-feira a equipe da IBCA, a Associação internacional de xadrez para deficientes visuais.

Acompanhe as partidas ao vivo a partir das 9h.

[PGN]

[Foto de Daniel Skog]

Anúncios
Leia mais de Elite Mundial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: